Quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2007

Os slogans já abortaram?

Abílio Duarte Simões, Correio de Coimbra, 25jan07
---------------------
"A dignidade não tem preço"
- assim proclama um cartaz tendo como pano de fundo a próxima votação sobre o aborto a que deram o nome de "interrupção voluntária da gravidez". Sobre essa troca todos estamos esclarecidos, nomeadamente aqueles que a não fizeram inocentemente.
O preço há-de, porventura, ainda ver-se. Quanto à dignidade não é só agora que ela não está à venda! Igualmente não é propriedade de ninguém, nem exclusivo de alguns, nem coutada de pequeno grupo.
Pelo menos dois slogans falam de "o sim responsável".
Ora aí está o sentido da responsabilidade. E já a pagar preço. Se há "o sim responsável" também haverá o "sim irresponsável"? E se há qual é mais numeroso? E qual preferir, o maioritário ou... o minoritário? Para não considerar que este "sim responsável" parece (ou está mesmo?) propor que "o não é que não tem qualquer responsabilidade". Mas tudo acusações democráticas.
"Agora sim"
dizem outros. Claro. Até agora todo o mundo andou às cegas. Ninguém viu, ninguém atendeu, ninguém propôs caminhos, ninguém ajudou a encontrar respostas (escrevi respostas, no plural, está bem?), ninguém reparou que havia alternativas. "Agora sim", de verdade?
Não vai falar-se mais do assunto? E se o resultado for diferente do que se espera?
"Não obrigada"
é declaração que surge repetidas vezes como repetidamente acontece a falta de (pequena) vírgula que ajudaria a perceber a mensagem. A menos que já não haja problema quando a pessoa já não é obrigada... Embora também se proclame que "aborto a pedido, não".
Quando surgem os "médicos pela escolha" está a insinuar-se que há clínicos que não escolhem, não sabem escolher, não escolhem reflectidamente, não pensam... para escolher?
"A mulher decide, a sociedade respeita, o Estado garante"?
Ora vamos lá ver. Pode (deve) tomar-se qualquer de­cisão? Toda a decisão merece (naturalmente) respeito mas... o Estado deve dar as mesmas (e melhores) garantias à não-vida e à vida?
"Diz não à discriminação"
queria proclamar um dos grupos de cidadãos cuja inscrição foi rejeitada... calculo que sem discriminação. Outro grupo rejeitado anunciava "sim pela liberdade". Se o primeiro não parece claro já o segundo garante que... liberdade só com ele! Os outros podem ser convictos, persistentes, lutadores, corajosos, decididos? Livres é que não! Para exemplo de respeito pela liberdade alheia não estará mal! Talvez a rejeição se deva, contudo, a qualquer outra anomalia.
"Recenseia-te para seres tu a decidir".
Com este imperativo outro cartaz apela à cidadania participativa. Também ele dá que pensar. O novo recenseado (ou a nova recenseada) não se integra numa comunidade... eleitoral, não colabora na decisão, não começa a partilhar (novas) responsabilidades. Nada disso. Ele (ou ela) é que decide. Até parece ter chegado tarde. E que todos estavam à sua espera. Chegou, viu... e venceu. À maneira de César. Só que para vencer teve de derrotar. Em 11 de Fevereiro haverá só vencedores? Era bom.
Já agora, também invento um slogan:
Aborto, por que não?...
Valerá a pena pensar nisso?
publicado por lamire às 00:44
link do artigo | comentar | favorito
|

.SIC

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.links

.pesquisar

 

.artigos recentes

. Exposição de Desenho, esc...

. XVIII Encontro SIC em Pom...

. Nesta noite de Natal

. Cónego Adriano Santo: Obr...

. Parabéns duplicados

. Faleceu o Celestino Mende...

. Pai de Padre Luís Leal, P...

. Padre de Lúcia já é bispo

. Operação Permanente de So...

. 17 encontro dos ex aluno...

. Religião: D. João Lavrado...

. AIC homenageia Cónego Adr...

. Centenário de Mons. Raul ...

. Cónego Dr. Manuel Paulo f...

. Al-BAIÄZ, Associação de D...

. Grupo de Ex funda OPS com...

. João Dias na despedida de...

. Família de quatro vive se...

. 25 anos de Bispo

. Reconhecimento Merecido

. Testemunhos vivos

. Bodas de ouro sacerdotais...

. Programas de Solidariedad...

. Ex.s - DEZ MANDAMENTOS

. Recado do Papa aos Bispos

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.temas

. todas as tags

.subscrever feeds