Quinta-feira, 13 de Abril de 2006

Acabaram as orações? Viva a (santa) TLEBES!

Abílio Duarte Simões

 Em Coimbra são visíveis, no mesmo edifício, dois elucidativos anúncios. Um deles garante: "Vendem-se apartamentos". Nada disso, publicita o outro! "Vende-se apartamentos" é a verdade.

À míngua de certezas sobre qual deles estará menos certo (ou errado?), socorro-me da opinião de mestre universitário: "Em caso de dúvida haja bom senso". Que não parece ter presidido à elaboração dos dois cartazes para o mesmo espaço... na cidade da sabedoria. Adiante que não é disso que quero falar. Mas antes de assunto em que o bom senso é muito mais indispensável. Falo da TLEBES. Entenda-se da "Terminologia Linguística para os Ensinos Básico e Secundário". Ou, por outras palavras, dos novos nomes que, no ensino básico e secundário (só?), passam a ser dados a substantivos, adjectivos, conjunções, etc. E também às "orações". Que deixaram de existir para haver, apenas... frases. Com frases dentro das frases! Duma oração causal dizia-se que indicava... uma causa, duma condicional que propunha... uma condição, duma temporal que exprimia... a ideia de tempo, duma consecutiva que apontava... as (inevitáveis) consequências... do que se dizia e do que se fazia. Segundo a (pouco santa, digo eu) TLEBES, (quase) tudo isso está mudado. Oxalá que para melhor.

Das críticas de que pude aperceber-me não registei nenhuma quanto ao nome, a sugerir que os nossos entusiastas estudantes aprenderão uma nomenklatura gramatical no ensino básico e usá-la-ão (se usarem!...) até ao fim do secundário. Depois se verá. Que para universitários outra TLE... universitária aparecerá.

Pessoas que têm participado em acções de formação sobre o assunto trazem alguns recados. A mudança é para ficar, garantem. Quanto ao saneamento das "orações" vão aparecendo propostas para rever a novidade.

E eu permito-me perguntar (se a resposta já está dada peço desculpa pela distracção): Os próximos exames do 12." não vão ser feitos no culto à (nova) TLEBES? Todos os alunos foram preparados nessa perspectiva? Garantidamente há escolas onde tal está a acontecer. Não tenho a garantia de ser o mesmo em todo o lado.

Dizem os opositores dos (no­vos) iconoclastas gramaticais que "a velha gramática foi substituída por um curso de linguística, muito ao modo dos ingleses". Mas (digo eu) pior que isso serão as indecisões, os atrasos nos esclarecimentos, as dúvidas que pairam.

Em 22 de Fevereiro deste ano Maria do Carmo Vieira escreveu no "Público": "Felizmente vai aumentando o número de professores que se recusará a utilizar e a divulgar esta nomenclatura, cuja dificuldade até exige inúmeras acções de formação. Como se as regras gramaticais não tivessem sido já há séculos desenvolvidas e estabelecidas".

Pode uma afirmação destas ter sofrido desenvolvimentos que eu desconheça. Mas, se aos alunos vão ser colocadas questões previstas na TLEBES, como podem os professores recusá-la?

Enquanto para o assunto se irá procurando esclarecimento, deixo algumas "frases com frases" cuja gramática governativa (e não só) a TLEBES (qual?) ajudará a reflectir:

"Foi condenada a agressora duma professora (no mesmo país onde) bombeiro morre à espera de médico", "apreensão de cocaína, este ano, já ultrapassou os números de 2005" (e por onde andará a outra?), "Freitas falta às reuniões da EU" (enquanto) "Sócrates, meio nu, celebra uma religião correndo pela baía de Luanda", "Sócrates levou a Luanda um terço do PIB". (Não se sabe se havia trabalhadores na comitiva ou só os patrões são produtivos (mas) "a Polícia Judiciária entrou em situação de falência técnica".

Nenhuma tabela presidiu a esta selecção. Com ela pretendi, apenas, registar o bom senso. Que há, umas vezes. Que outras não se vê. Que é sempre indispensável. Também na gramática. Seja ela política ou não. E que a TLEBES não pode dispensar. Não devia...

--------------- 

in: Correio de Coimbra, 13abril06

publicado por lamire às 00:09
link do artigo | comentar | favorito
|

.SIC

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.links

.pesquisar

 

.artigos recentes

. Exposição de Desenho, esc...

. XVIII Encontro SIC em Pom...

. Nesta noite de Natal

. Cónego Adriano Santo: Obr...

. Parabéns duplicados

. Faleceu o Celestino Mende...

. Pai de Padre Luís Leal, P...

. Padre de Lúcia já é bispo

. Operação Permanente de So...

. 17 encontro dos ex aluno...

. Religião: D. João Lavrado...

. AIC homenageia Cónego Adr...

. Centenário de Mons. Raul ...

. Cónego Dr. Manuel Paulo f...

. Al-BAIÄZ, Associação de D...

. Grupo de Ex funda OPS com...

. João Dias na despedida de...

. Família de quatro vive se...

. 25 anos de Bispo

. Reconhecimento Merecido

. Testemunhos vivos

. Bodas de ouro sacerdotais...

. Programas de Solidariedad...

. Ex.s - DEZ MANDAMENTOS

. Recado do Papa aos Bispos

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.temas

. todas as tags

.subscrever feeds