Sábado, 17 de Dezembro de 2005

Que significa hoje o Natal?

Que significa celebrar uma festa como o Natal neste tempo e nesta sociedade que, pelo menos aparentemente, se afasta dos valores religiosos e cristãos?
A pergunta é pertinente para todos. Para os responsáveis da vida comunitária, nas suas vertentes cultural, económica, política, religiosa e educativa. Uma pergunta simples: que significa o Natal na nossa cultura? E a nossa economia? E na nossa política comunitária? E na nossa religiosidade? E na nossa acção educativa?
Não será que estamos todos a desviar-nos do verdadeiro sentido do
Natal? Daquele sentido que esteve na origem da sua celebração, e que se fundamenta no mistério da vinda ao mundo de Jesus Cristo de Nazaré, Filho de Deus, nascido da Virgem Maria?
Todos se referem ao Natal como uma celebração de paz, de harmonia, de solidariedade e de amor fraterno. Não serão apenas palavras? Não serão, quanto muito, sentimentos para viver apenas um dia ou quadra que limitamos por um ambiente deslumbrante, mas artificial, de cor, de luz e de música?
Que é o Natal de hoje para as crianças? Que lhes dizemos hoje sobre a pobreza efectiva de Jesus? Como se reflecte tudo só nas prendas que lhe oferecemos sem que elas precisem? Que leitura as ajudamos a fazer das carências de tantos meninos que passam fome, que não têm medicamentos em África, na Ásia e em tantos países onde não há água potável, nem vacinas, nem brinquedos?
Inquietações! Só inquietações passageiras?
E se nós continuássemos perguntando o que significa hoje o Natal para o mundo da política? Não será apenas uma ocasião para os dirigentes se manifestarem mentirosamente pelos valores da família que não incrementem, da vida que não defendem, da fraternidade que não promovem?

medalhas_correioCoimbra15dez05_01.JPG

Neste tempo de frenesim e de inquietação, seria bom que cada um parasse um momento para reflectir na verdadeira razão por que celebra o Natal, É para ajudar nesta reflexão que a empresa de Coimbra, Medalhística Lusatenas editou, uma vez mais, esta medalha natalícia, desejando a todos a presença nas suas vidas da luz libertadora que o Menino Jesus veio trazer ao seio da humanidade.
Bom Natal!
...
• A. Jesus Ramos, in Correio de Coimbra, 12dez2005

publicado por lamire às 03:31
link do artigo | comentar | favorito
|

.SIC

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.links

.pesquisar

 

.artigos recentes

. Exposição de Desenho, esc...

. XVIII Encontro SIC em Pom...

. Nesta noite de Natal

. Cónego Adriano Santo: Obr...

. Parabéns duplicados

. Faleceu o Celestino Mende...

. Pai de Padre Luís Leal, P...

. Padre de Lúcia já é bispo

. Operação Permanente de So...

. 17 encontro dos ex aluno...

. Religião: D. João Lavrado...

. AIC homenageia Cónego Adr...

. Centenário de Mons. Raul ...

. Cónego Dr. Manuel Paulo f...

. Al-BAIÄZ, Associação de D...

. Grupo de Ex funda OPS com...

. João Dias na despedida de...

. Família de quatro vive se...

. 25 anos de Bispo

. Reconhecimento Merecido

. Testemunhos vivos

. Bodas de ouro sacerdotais...

. Programas de Solidariedad...

. Ex.s - DEZ MANDAMENTOS

. Recado do Papa aos Bispos

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.temas

. todas as tags

.subscrever feeds